sejam bem-vindos ao perigosas garotas, por gabriela mayer

Redescobrindo Minhas Bandas Prediletas

19/05/2015

Comentário(s), gabi

Todos têm aquela banda que ocupa seu coração em primeiro lugar. Aquela que você se identifica com as músicas, com as letras, e que de repente você se vê fã de cada um dos integrantes.

Acontece que todo mundo muda. A gente cresce, a gente envelhece e nossos gostos mudam também. Aquelas coisas que eram tão legais antes já não tem mais tanto a ver com a gente, e com o tempo nós passamos a desenvolver outros gostos e deixando alguns para trás.

É natural.

Mas por mais que o tempo passe existe também aquele fator que nos fez gostar daquela banda em especial algum dia. Por mais que você não seja mais fã do jeito que era, por mais que não acompanhe o trabalho da banda, você ainda se lembra daquelas músicas que mexiam tanto com você um tempo atrás.

A proposta do post de hoje é redescobrir algumas bandas prediletas.

No quesito música, eu sempre tenho aquela banda que é A banda, mas para mim essa mudança foi bem drástica. De rock, a metal, a death core, hoje em dia o ritmo que mais me identifico é o rock alternativo e kpop, e tenho uma lista enorme de ex-bandas prediletas, mas que não são tão ex assim.

Mas sabe quando você vai relembrar alguma música que te marcou em uma época e acaba redescobrindo aquela banda que você não ouvia há séculos? Pois isso anda acontecendo muito comigo.
O U2 foi a primeira banda que eu gostei por iniciativa própria quando era criança quase entrando na adolescência, e foi a partir do som deles que eu desenvolvi meu gosto pelo bom e velho rock’n roll.

Essa banda é basicamente aquela que por mais que você não ouça, vai estar sempre guardadinha lá no seu coração. Mas esses dias quando fui ouvir música no celular, acabei dando play no álbum grátis deles que tem disponível lá no iTunes, o Songs of Innocence, e não deu outra, acabei me viciando neles mais uma vez.


Se quando eu tinha lá meus dez, onze anos eu me identificava com as músicas, minha eu de 19 não pôde não se identificar novamente com esse álbum que é maravilhoso, e redescobrir em Raised by Wolves aquela música que te faz cantar loucamente e te lembrar porque você gostava tanto daquela banda.

Se eu fosse tatuar algo algum dia, pode apostar que a frase “Raised by wolves, stronger than fear” seria uma delas.

As músicas Iris e Volcano do mesmo álbum, e Invisible não saem mais do repeat, e sim, pelo jeito reciclei mais uma paixão, e U2 não sai mais da minha playlist. <3
Lá em 2008, quando o estilo emocore estava em alta, essa banda alemã estourou no mundo todo, e eu fui uma dessas que gamou no som dos caras. O clipe de Monsoon, Don't Go e Automatic eram exibidos na MTV e na Mutishow, e eu lembro que eu era daquelas que pirava a cada vez que os via na TV. Quem se lembra?


Até música em alemão eu aprendi a cantar na época além dos singles deles em inglês, mas assim como toda modinha adolescente, com o tempo sim, a gente acaba perdendo aquele interesse que tínhamos antes e mudando de gostos, de ritmos... 

Acontece que a banda passou por um hiatus e ficou um tempo sem promover, mas agora em 2014 voltou à ativa com o álbum Kings Of Suburbia e o mais legal de tudo é que, do mesmo modo que nos anos que se passaram os fãs mudaram, cresceram, o som da banda evoluiu também.

Eles tinham aquele visual todo exótico na época e um som mais voltado para o público jovem, acho que a evolução atual da banda acompanhou as mudanças na vida dos fãs também. Quando fui conferir o novo trabalho deles não deu outra, amei demais!

Girl Got A Gun foi o single do retorno deles, algo mais pop e que não me agradou tanto, mas foi com Love Who Loves You Back e Run Run Run que eu lembrei o porque gostava tanto do som deles antigamente, confiram só.


Quem mais aprovou essa mudança na banda?
Outra banda que estourou na época do emocore foi a banda Nx Zero, e se eu demorei um pouco a me render à tendência, quando eu virei fã, foi pra valer. Bate até uma vergonha alheia nostálgica dessa época se for parar pra pensar, vai dizer que não? Mas ok, eu era adolescente e nessa época é permitido pagar mico. Haha

Se foi com Razões e Emoções e todas aquelas músicas beeem sentimentais que eu e o Brasil todo se apaixonou na época, com o tempo, acabei mudando meu gosto para um rock mais para o lado do hardcore e já não me identificava tanto com as músicas da banda que acabou indo para um lado mais comercial com o tempo.

Mas o tempo passou, bandas, ritmos, gostos foram e vieram, e eu acabei voltando às minhas raízes, do rock alternativo e uma coisa mais leve.

E o Nx Zero foi outra banda que eu redescobri e que evoluiu junto com o público para o melhor.
Eu sempre fui muito fã de Charlie Brown Jr, e descobrir que o atual trabalho dos caras estava mais ou menos na mesma pegada foi uma surpresa das boas. As letras atualmente não só estão mais maduras como também muito mais positivas, e posso dizer? Amei demais essa mudança e as músicas deles não saem mais da minha playlist.

Uma Gota no Oceano tem o som muito parecido com CBJR, e particularmente eu acho que não existe banda melhor para eles se inspirarem e que se eles continuarem nesse caminho, eles vão longe ainda. Falando por mim, eles acabaram de re-ganhar uma fã.

Bem nostálgico esse post, né? Mas é bom ver que por mais que muitas coisas mudem ao longo do tempo, algumas se mantém imutáveis e outras, mudam para o melhor.

Mas e quanto a vocês, tem alguma banda que vocês deixaram de ouvir e acabaram redescobrindo também?