sejam bem-vindos ao perigosas garotas, por gabriela mayer

Maquiagem para quem não sabe se maquiar

06/08/2015

Comentário(s), gabi

Ninguém nasceu sabendo se maquiar.

Tem muita menina talentosa por aí e com habilidades dignas de um make-up artist, entretanto, se você é uma mera humana como eu, talvez você não tenha sido agraciada com o dom com os pincéis.

É a grande variedade de produtos, tem a questão das marcas, é uma infinidade pincéis com funções diferentes (que eu inclusive já expliquei nesse post aqui), e se você é uma novata nesse mundinho, tudo isso pode acarretar um grande bug no seu cérebro.

Mas o post de hoje, mais uma vez, é para sanar qualquer dúvida que você iniciante que está entrando nesse mundo da beleza agora e que talvez não tenha tanta habilidade quando o assunto é maquiagem.

Se você quer aprender um pouquinho mais a respeito, então vem comigo!

Base ou bbcream?

Primeiro de tudo, “o que é bbcream, Gabi?”

BBcream nada mais é do que uma base de cobertura baixa com várias outras funções embutidas em um produto só, como primer, protetor solar, hidratante e por aí vai. Existem as variações como o CCcream, o DD, e a única diferença é o número de benefícios que os mesmos oferecem que no caso são mais em um só produto.

Ok, entendi a função do bbcream, como eu posso saber se eu preciso usar ele ou a base?

Muito simples.

Você quer uma cobertura maior ou menor? Se você quiser algo mais natural, uma cobertura na pele mais leve para o dia-a-dia, o BBcream é a opção perfeita para você, pois apesar de ele não cobrir tão bem possíveis imperfeições quanto uma base, a cobertura dele é bem leve para você usar durante o dia.

Já a base, mesmo possuindo cobertura leve, acaba sendo um produto que pesa mais na pele e eu prefiro usar apenas a noite ou quando eu quero uma cobertura mais pesada mesmo.

Vai de BBcream? Não se esqueça que mesmo a maioria já possuindo protetor solar embutido, o uso do protetor antes de aplica-lo não deve ser descartado.

Não sabe qual BBcream comprar? Nesse post eu comparo dois que usei, mas quer uma dica amiga Vai de BBcream da L’Oréal que não tem erro!

Base matte ou luminosa?

Quando o assunto é base, uma verdade absoluta é de que o acabamento matte está em alta.

Para os leigos, acabamento matte significa que o efeito da base na pele será fosco, tirando qualquer luminosidade e deixando a pele com uma aparência mais “apagada”. Para quem tem a pele oleosa, como euzinha aqui, esse é o efeito mais desejado, e nas makes das celebs e da mulherada em geral por aí, essas bases estão reinando absolutas.

Mas é claro que isso não significa que você não pode usar uma base com acabamento luminoso, claro que pode, contudo tenha cuidado com a área T que costuma ser mais oleosa que o resto do rosto. Para evitar qualquer efeito indesejado, aplique uma camada de pó compacto nessa área e pronto, xô oleosidade.

Eu indico: Base matte timewise Mary Kay

Pó compacto?

“Na minha época”, ou mais ou menos na época que eu não manjava nada de maquiagem, o pó tomava as vezes da base, ou seja, o lindo do “pó de arroz” que nos deixava mais branca, dava um acabamento fosco no rosto, cobria alguma imperfeiçãozinha na pele e boa.

Com a chegada do milagre da base matte na minha e na nossa vida, o pó foi meio deixado de lado, mas ainda não é um item facilmente dispensável. Como eu já falei, ele dá uma boa segurada na oleosidade da pele se você tiver essa tendência e também ajuda a fixar a base se você deseja que ela tenha um efeito mais duradouro.

Bronzer?!

Ok, o nível desse guia de make-up acabou de ficar mais hard.

O tal do bronzer é um bem recente nesse mundo das makes e até um tempo atrás eu nem sabia da existência e muito menos função deles, até que essa moda de contorno de rosto me pegou e bem, eu entendi a função desse bonitinho.

Digamos que o bronzer é um pó mais escuro e algumas vezes com alguns brilhos que vão dar ao seu rosto exatamente uma aparência mais bronzeada se aplicado nas regiões em que geralmente o sol bate (maçãs do rosto, alto da testa...).

O bronzer também pode ser usado para fazer o contorno do rosto, ou seja, fazer aquele efeito Kim Kardashian, sendo usado nas áreas em que se procura sombrear um contorno para destacar o outro. Por exemplo, ao passar o bronzer embaixo da linha do osso da bochecha, você vai estar colocando as maçãs do rosto em evidência.

Com que blush eu vou?

Já o blush é uma categoria mais easy, mas vamos com calma, a cor quem escolhe é você, o tom também, mas nada de exagerar na dose e ficar parecendo a Filó, ok?

O truque e a dica é você aplicar o suficiente para parecer que você está corada naturalmente, para dar um ar de saúde mesmo, exatamente nas áreas em que o sol bateria normalmente nas maçãs do rosto.
Cílios de boneca ou efeito postiço?

Que existem mil e um tipos de máscaras de cílios, tá todo mundo careca de saber, mas qual efeito é o ideal?

Bem, ideal não existe. Mas existe aquele que se aplica no seu estilo, no seu gosto.

Você gosta de cílios mais discretos? Então uma máscara com aplicador de cerdas curtas e mais separadinhas var ser perfeita pra você.

Mas se você é igual a mim e a maioria da mulherada por aí e gosta dos cílios à lá perna de barata, então um aplicador mais grosso e de cerdas mais grossas e juntinhas é o ideal.

Quer uma máscara que não tem erro? Vai de The Colossal da Maybelline, vende em todo lugar, o preço é em conta e ela te garante os dois efeitos. Se você quer cílios mais discretos, passa uma camada e tá ok, mas se você quer cílios mais “cheguei”, é só exagerar sem dó na quantidade de camadas, uma, duas, oito, dez se quiser, que eles vão ficar lindões também.

Delineador ou lápis?

Depois que eu conheci o delineador eu aposentei completamente o lápis de olho.

O traço do delineador é muito mais firme e “pigmentado”, enquanto o do lápis geralmente é mais fraquinho e grosso. Se você quer fazer um delineado gatinho, o delineador é seu best friend, mas se você é dessas que curte só um pretinho na base dos cílios, o lápis de olho cumpre bem sua função.

Mas um problema do delineador é que é preciso de um pouco de prática para fazer um traço bonitinho, então o lápis de olho é um ótimo modo de ir treinando o traço, também.

Sombra de dia, pode?

Pode, miga, mas não exagera não, ok?

Larga mão dessa sombra branca cintilante e guarda ela pro carnaval, aposenta essa sua técnica de passar uma sombra colorida na pálpebra inteira e achar que a make está completa e seja apresentada ao meu inseparável marronzinho curinga no côncavo do olho.

Sério, a sombra marrom no côncavo dá mais profundidade ao olho e é algo que não tem erro nunca. Quer uma make para o dia-a-dia? Vai de marrom básico (e bem esfumado, please) no côncavo e pronto.

É claro que sombras coloridas também são permitidas, afinal, quem sou eu para te impedir, né? Mas vamos só tomar cuidado para não exagerar e ficar com uma cara de carnaval fora de época, beleza?

E o olho pretão, como faz?

Perfeito para a noite e um olho pra lá de poderoso, o olho pretão também tem uma grande probabilidade de ser um grande desastre. Eu falo por experiência própria.

Nunca consegui fazer um olho preto que prestasse, maaaas é para isso que existem as nossas gurus da beleza, né?

Aperta o play e aprenda com as mestras!


Gloss, batom, batom matte, batom líquido de efeito matte.. Oi?!

E chegamos à minha parte predileta, uhuuuul!

Amo batom e acho essa a parte mais simples e que ao memso tempo tem o poder de mudar toda a cara da make.

Não manja muito dos paranauê da make como eu? Faz uma pele básica e aposta no batom, baby!

“Mas Gabi, que tipo de batom eu uso?”

Bom, não existe muita regra pra isso, na verdade, vai de gosto mesmo.

Você só tem que saber que quando o assunto é batom, também existem os mattes com efeito fosco e os luminosos, sendo que os primeiros também estão super em alta e andam sendo os prediletos do meu coração.

Hoje em dia o que mais existe é variedade nas cores dos batons, então você só tem que tomar cuidado na hora de combiná-los com a make certa, porque as vezes um olho mais carregado pede por um batom mais neutro, assim como uma make mais leve pode ser favorável para aquele batom rosão arrasador (alô, Candy Yum Yum).

Para o dia-a-dia gloss ou batons cremosos são uma ótima pedida, mas quando o assunto é duração, os batons matte são os ideais.

Eu indico: Batons líquidos de efeito matte da Vult

Enfim, esse foi um pequeno guia introdutório ao meu querido mundo da maquiagem!

Não sou expert nem nada, mas acho que pra quem não entende muito do assunto, esse tour foi um bom aprendizado, né?


E vocês, gostaram das dicas?